Energia Solar gera economia para o bolso?

Energia Solar gera economia para o bolso?

Para entender os benefícios financeiros com investimento em Energia Solar Fotovoltaica é necessário que haja entendimento de alguns pontos importantes:
Primeiramente, deve-se ficar claro que não há venda de energia para a concessionária. O que ocorre é que a concessionária local contabiliza a energia gerada pelo gerador solar, e a disponibiliza em forma de créditos na conta de energia. Portanto, se a unidade consumidora consumir 100 kWh da concessionária  e o sistema solar gerar, por exemplo, 150 kWh, não haverá cobrança da energia consumida, e ainda haverá um crédito de 50 kWh. Por outro lado, se o gerador, nesse caso, produzir 80 kWh, será descontado esse valor da fatura  e a concessionária irá fornecer os 20 kWh remanescentes, dessa forma, haverá cobrança dos 20 kWh fornecidos pela distribuidora. 
Deve-se também entender o que é cobrado na fatura de energia. Via de regra há cobrança pela energia elétrica consumida (kWh), impostos, bandeira vermelha, bandeira amarela, além dos reajustes anuais aplicados à tarifa.
Sendo assim, a lógica do ganho financeiro com energia solar é apresentado no gráfico a seguir:



Nos primeiros anos o dinheiro economizado com a geração de energia serve para repor o dinheiro que foi disponibilizado para a instalação do gerador. O montante financeiro economizado a cada ano depende exclusivamente da tarifa de energia, impostos e a bandeira tarifária.  Por exemplo, um gerador solar que produz cerca de 6.000 kWh/ano, considerando uma tarifa de R$ 0.70, irá proporcionar uma economia de R$ 4.200,00 mais as ocorrências das bandeiras vermelha e amarela; no ano seguinte, a economia será um pouco maior, pois deverá ser considerado o reajuste tarifário aplicado pela concessionária. 
A amortização financeira ocorrerá logo nos primeiros anos, em média, um sistema fotovoltaico para residência e comércio pode levar entre 4 e 7 anos para pagar o investimento inicial. No entanto, para a indústria, o retorno do investimento pode levar até 10 anos, pois possui tarifa incentivada quando comparada com as tarifas de consumidores residenciais e comerciais. A partir do ano da amortização  até o final do período de vida útil do sistema, 25 anos, todo o dinheiro economizado é considerado receita livre, portanto, dinheiro no bolso.



SOLICITE UM ORÇAMENTO